quinta-feira, 22 de outubro de 2009

A MINHA GERAÇÃO

A minha geração não sabia o sabor da coca-cola, proibida mais a cobiçava. Bebia pirolitos e laranjadas, e quando calhava. Não acorria ao MacDonnald, nem enfardava fast-food. Levava um naquito de pão para a escola, com uma sardinha ou apenas um sabor a toucinho, pequeno-almoço e almoço. Não via nos cinemas filmes porno, proibidos mais os cobiçavam. Não conhecia telemóveis, consolas e internet. Jogava-se às cartas e bebia-se vinho tinto. Não praticava surf, íamos para a pesca do bacalhau. Não calçava ténis de marca, andava-se descalço. Levávamos porrada na escola, não estudávamos nos colégios, saíamos pedreiros e electricistas. A minha geração não esperava dezoito anos para conduzir um automóvel, recebia uma enxada nova no dia do aniversário. Não nos beijávamos nos bancos dos jardins, esfregávamo-nos no desvão das escadas. Proferíamos os mesmos palavrões que os meninos de agora, porém evitando os ouvidos dos adultos. Jogávamos à pedrada uns contra os outros nos lugares onde hoje os meninos fazem rapel. Não fazíamos wild-surf, lançávamo-nos das escarpas sobre os rios, em pelota. Aos vinte anos escrevinhava-se cartas para as futuras noivas, amontoados nos paquetes a caminho do Ultramar. Sonhava-se com elas debaixo do fogo da metralha. Alguns ambicionavam ser rambos e regressavam como inválidos. Desejavam esconder-se no chão quando as granadas explodiam à volta, e era realmente a sete palmos de terra que os esperava o destino. Organizávamos greves nas universidades entre o medo e a coragem e acordávamos sobressaltados quando alguém nos batia à porta. A minha geração saltava a cerca e as fronteiras, regressando mais velha e desenraizada. Ousávamos fazer greves nas fábricas e alguns desapareciam sem deixar rasto. Não aprendemos a tocar piano nem conhecíamos música clássica, Elvis abanou-nos, os Beatles encantavam-nos, os Rolling Stones provocavam-nos uma agitação quase dolorosa, os hippies seduziam-nos, a erva animava-nos, o Zeca Afonso lançou-nos para a aventura. No dia 25 de Abril já éramos crescidos e maduros. Colhemos o trigo que semeáramos.

Sem comentários:


Templo dórico, Viagem à Sicília, Agosto 2009

Templo grego clássico da Concórdia

Templo grego clássico da Concórdia
Viagem à Sicília

Teatro greco-romano

Teatro greco-romano
Viagem à Sicília

Pupis

Pupis
Viagem à Sicília Agosto 2009

Viagem à Polónia

Viagem à Polónia
Auschwitz: nele pereceram 4 milhôes de judeus. Depois dos nazis os genocídios continuaram por outras formas.

Viagem à Polónia

Viagem à Polónia
Auschwitz, Campo de extermínio. Memória do Mal Absoluto.

Forum Romano

Forum Romano
Viagem a Roma, 2009

Roma - Castelo de S. Ângelo

Roma - Castelo de S. Ângelo
Viagem a Roma,2009

Roma-Vaticano

Roma-Vaticano

Roma-Fonte Trévis

Roma-Fonte Trévis
Viagem a Roma,2009

Coliseu de Roma

Coliseu de Roma
Viagem a Roma, Maio 2009

Vaticano-Igreja de S.Pedro

Vaticano-Igreja de S.Pedro

Grécia

Grécia
Acrópole

Grécia

Grécia
Acrópole

Viagem à Grécia

Viagem à Grécia

NOSTALGIA

NOSTALGIA

CLAUSTROFOBIA

CLAUSTROFOBIA