sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Pelo SocialismoQuestões político-ideológicas com atualidadehttp://www.pelosocialismo.net_____________________________________________Publicado em 2014/12/14, em: http://www.odiario.info/?p=3491&print=1Colocado em linha em: 2014/12/19Atenas, 1944 : um segredo vergonhoso da InglaterraEd Vulliamy e Helena SmithEm Atenas, há 70 anos, o Exército Britânico, ainda em guerra com aAlemanha, abriu fogo (e deu armas aos locais que haviam colaborado com osNazis para o fazerem) sobre uma multidão de civis que se manifestavam afavor dos partisans. Para colocar de novo o rei grego no poder e manter oComunismo à distância, Churchill muda as alianças para passar a estar dolado dos apoiantes de Hitler, contra aqueles que haviam sido os seus aliados.Quando 28 civis foram assassinados em Atenas, a responsabilidade não foi dos Nazis, mas dosIngleses. Ed Vulliamy e Helena Smith revelam de que modo a vergonhosa decisão de Churchill deentregar os partisans que haviam lutado pelos Aliados constituiu a semente da ascensão da extremadireitana Grécia de hoje.“Ainda consigo ver muito claramente, não me esqueci”, afirma Titos Patríkios. “APolícia de Atenas a disparar sobre a multidão, do telhado do Parlamento, na PraçaSintagma. Os jovens homens e mulheres jaziam em poças de sangue, toda a gente acorrer escada abaixo, tomados de choque, em pânico total.”E então ocorreu o momento decisivo: a irreverência da juventude, a convicção deacreditar numa causa tão profundamente justa: “Saltei para a fonte no meio daPraça, que ainda lá está, e comecei a gritar: ‘Camaradas, não dispersem! A vitóriaserá nossa! Não se afastem. Chegou o momento, venceremos!’”.“Eu estava”, diz-nos agora, “profundamente convicto de que venceríamos”. Mas avitória não chegou nesse dia, tal como não se pretendeu que o que acontecera nãomudaria a história de um país que, libertado do Reich de Hitler havia umas merasseis semanas, estava agora a caminho de uma sangrenta guerra civil.Mesmo agora, aos 86 anos, quando Patríkios se ri “de mim para comigo por terchegado a esta idade”, o poeta recorda, cada cena, cada disparo, o que aconteceu napraça principal da vida política grega, na manhã de 3 de Dezembro de 1944.Foi neste dia, faz agora 70 anos, que o Exército Britânico, ainda em guerra com aAlemanha, abriu fogo (e deu armas aos locais que haviam colaborado com os Nazispara o fazerem) sobre uma multidão de civis que se manifestavam a favor dospartisans, de quem a Inglaterra fora aliada durante três anos. Ver o texto completo em  http://www.odiario.info/?p=3491&print=1

Sem comentários:


Templo dórico, Viagem à Sicília, Agosto 2009

Templo grego clássico da Concórdia

Templo grego clássico da Concórdia
Viagem à Sicília

Teatro greco-romano

Teatro greco-romano
Viagem à Sicília

Pupis

Pupis
Viagem à Sicília Agosto 2009

Viagem à Polónia

Viagem à Polónia
Auschwitz: nele pereceram 4 milhôes de judeus. Depois dos nazis os genocídios continuaram por outras formas.

Viagem à Polónia

Viagem à Polónia
Auschwitz, Campo de extermínio. Memória do Mal Absoluto.

Forum Romano

Forum Romano
Viagem a Roma, 2009

Roma - Castelo de S. Ângelo

Roma - Castelo de S. Ângelo
Viagem a Roma,2009

Roma-Vaticano

Roma-Vaticano

Roma-Fonte Trévis

Roma-Fonte Trévis
Viagem a Roma,2009

Coliseu de Roma

Coliseu de Roma
Viagem a Roma, Maio 2009

Vaticano-Igreja de S.Pedro

Vaticano-Igreja de S.Pedro

Grécia

Grécia
Acrópole

Grécia

Grécia
Acrópole

Viagem à Grécia

Viagem à Grécia

NOSTALGIA

NOSTALGIA

CLAUSTROFOBIA

CLAUSTROFOBIA